Antes e depois: uma barra na saia de inverno

Antes e depois: uma barra na saia de inverno

Primeiro vamos falar da saia:

1) tecido perfeito: uma lãnzinha de inverno que lembra um tweed, forrada e quentinha.

2) cintura altísima, socorro! Pela etiqueta, vi que era uma peça americana, antiga e sem uso.

3) modelagem esquisitinha demais, ela tem uma curva no local do culote (?). Será que isso é

explicado pelo fato da saia ser americana (e antiga) e elas terem corpos um pouco diferentes

do nosso? Na saia reta brasileira, a curva fica BEM na altura do quadril. Nessa americana,

a curva é mais no alto.  Fiz um desenho técnico para explicar:

Ok, sem problemas, a blusa cobre isso tudo.

Para resolver a saia era simples: medir o comprimento e faze a barra. As meninas aqui no

curso de costura iniciante aprendem 4 tipos de barra na quinta aula, usei a básica e costurei

os pontos na mão, invisíveis (que também ensinamos). Me perdoem as fotos ruins, mas este é

o antes e o depois:

Agora fotos com a saia e o resto da roupa (ninguém merece gente pelada aqui!). Eu achei que

o resultado ficou bom. A saia custou pouco (cerca de R$ 30), a barra fiz numa tarde e enfim,

tive a tão desejada “saia de inverno”.

Vale o trabalho? Vale! Vale aprender a fazer uma barra, um conserto, ser auto-suficiente nas

pequenas coisas? Vale.

até mais

Elis S A C

Deixe uma resposta