DIY ✂Aprenda a fazer um protetor de sofá✂

  • por

capa protetor sofá 2 ,3 lugares microfibra matelado vermelho

medidas protetor de sofa hedrons

Protetor-de-Sofá-3-e-2 Lugares-ShopCama-medidas

Os protetores de sofá são mais fáceis de fazer do que as capas, principalmente porque existem tecidos que dispensam acabamentos por não desfiar

Se quiser fazer uma capa sem costura veja aqui neste link

Protetores de sofá são itens indispensáveis na decoração. Sabe o por How to make a sofa slipcoverquê?

1. Além de decorar e mudar rapidamente a cara da sua sala, o protetor de sofá prolonga a vida útil do seu sofá, pois o protege de manchas e pelos.  

2. O protetor de sofá é prático: o fechamento se dá por lacinhos, garantindo que a peça sirva na maioria dos sofás, e podem ser colocados e retirados com facilidade!

DICAS:

  1. Fazer a capa ou protetor para o sofá assim que o adquirir;
  2. Escolher o tecido da capa ou protetor em uma cor diferente do original;
  3. Usar um tecido pré encolhido (indico sempre a sarja peletizada);
  4. Capas em tons claros duram mais, pois suportam várias lavagens sem desbotar;
  5. Capas ou protetores são perfeitos para casas com crianças, pois podem ser retiradas para lavar e secam rápido;

Se você está pretendendo fazer um protetor de sofá , veja as medidas.

O tecido ideal para o seu sofá depende do revestimento do móvel e da resistência necessária na sua casa (crianças e animais reduzem a durabilidade do tecido). Saiba mais dos diferentes tipos de tecido e escolha o seu.

Brim ou jeans
Resistente, é ideal para casas com crianças e animais. E pode ser lavado à máquina – no caso do jeans, a lavagem deve ocorrer antes de as capas serem costuradas, porque o pano encolhe em contato com a água. As peças, bem estruturadas devido à textura do pano, combinam com almofadas revestidas de tecidos como sarja e veludo.

Lona
Grossa e pesada, costuma cobrir caminhões. Mas acabou se transformando em tecido de destaque no mundo da decoração porque apresenta altíssima resistência e pode ser usado em capas sob medida para pufes e estofados retos. O aspecto desbotado dá charme à composição.

Poliéster
100% sintético, adapta-se melhor às formas do sofá, dando aquele efeito “coladinho”. Mas não funciona em estofados com botões – que ficarão marcados pelo tecido, revestimento de couro (sintético ou natural), pois a base lisa dificulta a fixação – e em casas com gatos ou cachorros, já que ele desfia facilmente.

Sarja peletizada
Melhor que a versão tradicional, tem toque macio, vem pré-encolhida e é mais fácil de limpar. Serve para todos os ambientes da casa. Se for comprar um modelo pronto, verifique a medida exata, porque ela não estica depois.

Tafetá
Parecido com a seda, pode ser usado em estofados pequenos, como pufes e almofadas. É perfeito para quem gosta de aplicar brilhos, miçangas ou lantejoulas. Experimente fazer capas de tafetá alternando cores em pufes de modelo quadrado.

Tweed
Tecido considerado nobre, custa caro. Mas, se quiser investir, use-o em quartos e salas de estar ou jantar. Seus fios de lã (sintéticos ou naturais) caem bem em estofados pequenos ou em assentos de cadeiras.

Veludo
Natural ou acrílico, de algodão ou viscose – a versão canelada, comumente usada na confecção de roupas, não é indicada para o revestimento de estofados. Tecido quente, deve ser aplicado em capas de sofá, poltronas e pufes de cidades mais frias ou substituído por sarja e brim no verão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.