✂Manutenção: Como lubrificar máquinas de costura Singer modelo 241 – 242 – 247 Etc.M✂

✂Manutenção: Como lubrificar máquinas de costura Singer modelo 241 – 242 – 247 Etc.M✂

Limpe sua máquina de maneira adequada e regular

Pó, resíduos de linha e acúmulo de fiapos podem causar estragos em sua máquina de costura e atrapalhar seu funcionamento interno. Não espere para fazer a limpeza somente depois de ter problemas. A limpeza regular pode evitar problemas antes que eles ocorram e manter seu funcionamento sem problemas.

Ao limpar, preste atenção especial às áreas ao redor do calcador, a caixa da bobina e os dentes impelentes. Remova a caixa da bobina e escove ou limpe o elo da pista da lançadeira, bem como o compartimento da caixa. Remova a chapa da agulha e, usando uma escova, cuidadosamente alcance e limpe o fiapo da superfície dos dentes impelentes.

Por último, mas não menos importante, lubrifique sua máquina de costura onde indicado em seu manual de instruções.

Uma máquina que é bem mantida e tratada regularmente funcionará melhor e evitará problemas caros e demorados posteriormente.

VEJA ABAIXO:

Amorimac


GUIAS PARA INICIANTES

Fazer a Manutenção de sua Máquina de Costura

Clique abaixo para baixar:

Créditos: 

Outras dicas:

1º MANTENHA A MÁQUINA LIMPA: Se a máquina está toda suja por fora, imagina por dentro! Limpe a sua máquina com um pano úmido e com o auxílio de uma pinça e um pincel (algumas máquinas vêm com esses utilitários). Retire a caixa de bobina, limpe os dentes, deixe tudo em dia. Se você usa muito a máquina essa limpeza precisa ser mais frequente do que quem usa pouco;

2º LUBRIFICAÇÃO: Toda máquina precisa ser lubrificada de tempos em tempos. Há máquinas (principalmente industriais) que têm a lubrificação automática. Para as que não tem, basta alguns pinguinhos para ela ficar boa. NÃO USE ÓLEO DE COZINHA. Os óleos lubrificantes especiais para as máquina são baratos e duram bastante. Quem tiver dúvida sobre como lubrificar a sua máquina, dá uma olhadinha no manual que lá diz. Para quem tem industrial, é necessário trocar aquele óleo que fica embaixo pelo menos 1 vez por ano (no caso da costura reta).
Após a lubrificação, costure com um tecido velho, pois o óleo pode escorrer e manchar a peça;

3º LEVE-A NO MECÂNICO: Essa dica vale para todas, mas principalmente para quem usa muito a máquina: é importante levá-la no mecânico para fazer uma revisão e dar um regulada. As vezes a gente nem nota que ela está com alguma falha aqui ou ali, então é importante que as vezes um profissional veja se está tudo ok, prevenindo estragos maiores;

4º NA DÚVIDA, NÃO MEXA: Quem aí nunca quis abrir a máquina toda, principalmente na hora da limpeza ou então quando enrolou mais linha do que devia por dentro? Mas na dúvida, não desmonte o que você pode não saber montar. O risco de montar tudo errado é grande, e o estrago que isso causa pode ser maior do que a gente pensa. Melhor evitar, certo?

5º CUIDADO COM AGULHAS TORTAS: . Uma vez uma professora me disse que uma agulha torta pode estragar a caixa de bobina (e trancar também, certamente muitas aqui já passaram por essa experiência). Usar as agulhas corretas e sempre em bom estado fará com que a máquina trabalhe eficientemente. É bom sempre se informar sobre qual agulha é ideal para cada tipo de tecido.

6º PASSAGEM CORRETA DA LINHA: Certamente todas nós já embolamos linha na bobina. Isso na maioria das vezes acontece porque a linha está mal passada. E linha que embola na bobina, aumenta o risco de estragar a máquina, principalmente aquelas em que a dona é ansiosa e puxa tudo na pressa (quem nunca hein?);

7º CONSULTE O MANUAL: O manual deve sempre ser consultado em caso de qualquer dúvida. Ele foi escrito por quem realmente entende da sua máquina, então é a melhor fonte de consulta.

Fonte: Clubinho da Costura

Elis S A C

Deixe uma resposta