✂Nem tão diferente assim: Comparando a Singer 247 com a Brilliance6160✂

  • por

Oi gente, tudo bem?

Hoje falaremos sobre essas duas máquinas. 

Já as utilizei então quero fazer um comparativo.

A diferença das duas máquinas são os itens em vermelho.

1.Em termo de funcionalidade, as duas cumprem o que prometem: costuram, hahaha.

2. Em se tratando de pontos: a 247 tem 5 enquanto a Brilliance tem 55 pontos de bordado e 4 de caseado

3. Cortador de linha: A 247 não tem nenhum (se tem eu não usava, rs), já a 6160 tem 2 cortadores um atrás e outro na lateral.

4.As duas fazem casinha de botões

5. As duas pregam botões.

6.As duas dá para usar os calcadores modernos, a única diferença é que a 247 precisa de um adaptador. (um suporte que custa R$10,00).

7.Nenhuma das duas tem mesa extensora

8. A caixa de  bobina  da 247 é horizontal, enquanto da 6160 é vertical

9. A 247 não tem passador automático de linha, enquanto a 6160 tem.

10.A 247 não tem braço removível(extensão da base) que facilita costurar mangas, calças, etc.  A 6160 tem e ainda é uma caixa de  que dá para guardar os pés calcadores e outros acessórios dentro dela 

11.A 247 não tem alça para transportar, já a 6160 tem

12.A 247 só tem uma alavanca para levantar o pé calcador, a 6160 além desse vem com uma alavanca de uso rápido, que facilita trocar rapidamente os pés calcadores.

13.As duas são elétricas, só que a 247 não tem sistema computadorizado. já a 6160 tem.

A 247 quando enrosca a linha ou o tecido, você desliga a máquina. já a 6160, quando acontece isso ela apita e dá erro E4,E5, E7. E para ela voltar ao normal tem que se desligar e ligar novamente que ela volta ao normal.

14. O design da  247 é vintage, reflete uma época, claro, então vale a pena decorar o ateliê de quem tem uma dessas no estilo retrô. Já o design da 6160 reflete o que vivemos hoje: era do computador e tecnologia. Ela é tão clean que deixa o ambiente moderno.

Basicamente é isso, coisa de mãe e filha, assim também acontece nas nossas vidas, Mãe ensina filha e filha ensina mãe,porque é isso que o tempo faz:evolui, mas sempre com os ensinamentos dos antigos, onde a tecnologia só constrói algo em cima do que já existe,  rs.Ops!O assunto era as máquinas e não família. Mas no fundo é isso aí: de geração em geração a gente constrói o nosso legado.E o que a gente compartilha não morre, vira história😀 , quanto às diferenças das máquinas,se eu me lembrar de mais alguma coisa, acrescento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.