✂Teoria das cores: Como combinar tecidos e roupas ?✂

✂Teoria das cores: Como combinar tecidos e roupas ?✂

Para combinar tecido vamos precisar relembrar aquelas aulas de artes do colégio e acredite: mesmo que você não entenda os fundamentos da teoria da cor, você já nasce com o dom artístico, ou ganha habilidade mesmo sem conhecer, de tanto lidar com tecidos, as que lidam com patchworks são feras na arte,amo e admiro muito o trabalho delas,tanto aquelas que fizeram cursos, como aquelas que ganharam habilidades dos retalhos como a minha vó(in memorian) admiro muito esse maravilhoso dom.

As Cores primárias são as cores puras, ou seja, que não podem ser criadas a partir da combinação de outras cores. As cores primárias são: o amarelo, o vermelho (magenta) e o azul (ciano).

A partir das cores primárias é possível fazer todas as outras cores, com exceção do branco que não é uma cor verdadeira. A mistura de cores primárias gera as cores secundárias: verde, laranja e roxo.

Por fim, ainda temos as cores terciárias, que são formadas pela mistura de uma cor primária com uma cor secundária. Isso é muito utilizado para fazer as cores das tintas na hora que vamos pintar os guardanapos ou pintar paredes(yeees, eu também fiz curso de pintura, aprendi n centro de vivência da minha cidade, foi gratuito, mas aprendi muito)

Círculo Cromático

O ponto de partida para entender o mecanismo das cores é o círculo cromático. Representado pela primeira vez em 1666 por Isaac Newton, o mecanismo é uma representação das cores percebidas pelo olho humano.

Cores primárias:

  • azul ciano
  • vermelho
  • amarelo

Cores secundárias:

  • violeta
  • laranja
  • verde

Cores terciárias:

  • amarelo esverdeado
  • amarelo alaranjado
  • azul arroxeado
  • azul esverdeado
  • vermelho arroxeado
  • vermelho alaranjado

Harmonia

Na hora de escolher uma combinação de cores para decorar, é preciso ter em mente os diferentes tipos de harmonização que as cores podem estabelecer entre si.

Monocromia: apenas uma cor, que pode estar em diferentes tons, também conhecida como tom sobre tom.

Analogia: cores que aparecem juntas em sequência no círculo cromático. Não há contrastes porque todas têm uma cor em comum.

Complementar: também chamada de harmonia oposta, combina cores que ficam opostas na roda de cores mas se complementam.

Harmonia de 60°: são as cores que formam a figura de um triângulo no círculo. Escolhe-se uma cor, pula-se três e escolhe-se a próxima.

Harmonia de 90°: as cores formam o desenho de um quadrado. Escolhe-se uma cor, pula as duas seguintes e escolhe a próxima até completar o quadrado.

Harmonia de 120°: usa-se uma cor do disco, pula-se a seguinte e pega-se a próxima, até formar o desenho de um hexágono no círculo.

Misturar e combinar padrões de tecido pode parecer difícil, mas se você seguir apenas algumas regras,como usar como base as mesmas cores em todas as divisões principais da sua casa ou projeto e alternar com outra cor dominante, facilita o trabalho .

Confesso que eu também tenho essa dificuldade, para acertar eu vou testando com aproximação.

E mesmo que o óbvio diga que não combina, aproximando, as vezes, descubro combinações íncriveis e tchaaan, criamos algo diferente!

Combinações de cores individuais

  • Branco: Combina com tudo, principalmente com azul, vermelho e preto;
  • Bege: Combina com azul, marrom, esmeralda, preto, vermelho e branco;
  • Cinza: Combina com fúcsia, vermelho, violeta, rosa e azul;
  • Rosa: Combina com marrom, branco, verde menta, oliva, cinza, turquesa, azul claro;
  • Fúcsia (rosa escuro): Combina com cinza, amarelo amarronzado, lima, verde menta e marrom;
  • Vermelho: Combina com amarelo, branco, fulvo, verde, azul e preto;
  • Marrom: Combina com creme, rosa, verde, bege e ciano brilhante;
  • Laranja: Combina como ciano, azul, lilás, violeta, branco e preto;
  • Amarelo: Combina com azul, lilás, ciano claro, violeta, cinza e preto;
  • Verde: Combina com marrom dourado, laranja, verde salada, amarelo, marrom, cinza, creme, preto e branco creme;
  • Ciano: Combina com vermelho, cinza, marrom, laranja, rosa, branco e amarelo;
  • Lilás: Combina com laranja, rosa, violeta escuro, amarelo e branco;
  • Preto é a cor universal: Combina com todas as outras cores, especialmente com laranja, rosa, verde salada, branco, vermelho ou amarelo.

Abaixo algumas dicas que eu uso para combinar os tecidos

1. ESCOLHA DUAS CORES E UM NEUTRO.

Comece com duas cores que funcionam no seu espaço. Pense um pouco sobre isso, decida e, em seguida, mantenha-se fiel à sua decisão. Exemplo: azul e amarelo o neutro e marfim. Brancos e marfins são ótimos neutros, mas cinzas e pretos também.

Cor. A escolha de uma única cor para todas as impressões pode fazer com que até os padrões mais incomparáveis ​​pareçam feitos um para o outro. É a maneira mais fácil e básica de acertar combinando diferentes tecidos.

Mas se você quiser ir além e introduzir mais cores, você pode se beneficiar deste conselho que não é tão óbvio: Trabalhe com a mesma intensidade de cor. Listras, estampas étnicas, fotos ou florais funcionam juntos se suas cores forem mantidas dentro do mesmo matiz. Não misture cores suaves com tons brilhantes, nem combine cores pastel com cores primárias.

2. ESCOLHA PELO MENOS TRÊS PADRÕES DIFERENTES.

Mesmo que a estampa seja diferente tenha a cor dominante e principal em comum.

É aqui que o seu próprio estilo entrará, então escolha o que você ama. A única regra é ficar com as duas cores que você escolheu na etapa inicial 1. Alguns exemplos de padrões são florais, listras, xadrez, geométrico, xadrez, toile, chevron, animal print.

3. ESCOLHA PELO MENOS UM TECIDO QUE TEM AS SUAS CORES E O NEUTRO.

As vezes não combinam, mas a cliente quer.Então eu faço assim entre a cor que não combina e a outra cor, coloco o neutro separando as duas cores que não combinam

Este tecido fará com que todos os outros padrões trabalhem juntos. Use-o sempre que puder, junto com os outros padrões que você escolheu.

4. VARIAR A ESCALA DE SEUS PADRÕES.

Ouse sempre, tamanhos grandes, pequenos, listras, cír. florais, a criatividade faz a diferença. Se usar proporção sempre igual fica uma peça comum. Mas peças ousadas tem detalhes diferentes. Mas comece pequeno. Duas cores, listras,ou quadrados, vá ousando conforme tiver segurança para isso.

5. NÃO TENHA MEDO DE OUSAR!

Preste atenção nas cores que se combinam e leve em conta também a estação do ano.Tente captar a intenção do cliente, se ele quer decorar a casa, presentear no natal, dia das mães, pais, etc.

Padrões monocromáticos

Em uma roupa ou em um projeto, os tecidos com estampas monocromáticas têm a mesma finalidade que as listras. Especialmente no caso de padrões mais finos, que então se transformam quase em uma textura. Tecidos com um padrão mantido em uma paleta de cores monocromática podem ser combinados com qualquer padrão – floral, geométrico ou abstrato.

Como regra geral, você não quer ter mais do que três cores em sua roupa. Use as cores certas para o seu tom e coloração de pele. Experimente cores diferentes em sua pele e aprenda quais paletas ficam melhor em você. Além disso, obtenha uma segunda opinião. Nunca use cores festivas como vermelho e verde, a menos que seja próximo a esse feriado. Evite combinar cores cinzas com cores brilhantes, como amarelo.

Com base na roda, existem algumas regras básicas para combinar cores. E eles são realmente muito simples.

As cores complementares são quaisquer duas cores opostas uma à outra na roda. Por exemplo, azul e laranja ou vermelho e verde.

Eles criam um alto contraste, então use-os quando quiser que algo se destaque. O ideal é usar uma cor como fundo e a outra como acentos. Como alternativa, você pode usar matizes e sombras aqui; um tom mais claro de azul contrastado com um laranja mais escuro, por exemplo.

As cores complementares divididas usam três cores. O esquema pega uma cor e a combina com as duas cores adjacentes à sua cor complementar. Por exemplo, azul, amarelo-laranja e vermelho-laranja.

Este esquema é ideal para iniciantes porque é difícil errar. Isso ocorre porque você obtém cores contrastantes, mas elas não são diametralmente opostas como as cores complementares, diz Tiger Color .

As cores análogas são quaisquer três cores próximas umas das outras na roda. Por exemplo, laranja, amarelo-laranja e amarelo.

Com cores análogas, é melhor evitar matizes, pois podem ser chocantes. Em vez disso, concentre-se em matizes de cores análogas. Outra dica que o Color Wheel Pro compartilha é evitar a combinação de cores quentes e frias neste esquema.

As cores triádicas são quaisquer três cores igualmente separadas na roda de cores. Por exemplo, vermelho, amarelo e azul.

O esquema triádico também é de alto contraste, mas mais equilibrado do que as cores complementares. O truque aqui, diz a Decor Love , é deixar uma cor dominar e acentuar as outras duas.

As cores tetrádicas ou duplas complementares usam quatro cores juntas, na forma de dois conjuntos de cores complementares.

Por exemplo, azul e laranja combinam com amarelo e violeta.

Fontes consultadas:

https://www.significados.com.br/

https://www.publicitarioscriativos.com/

imagens Pinterest

Deixe nos comentários o que você achou desta postagem e se você acrescentaria algo nesta lista de esquema de cores.

Elis S A C

Deixe uma resposta