Tipos de barras

Tipos de barras


Entenda um pouco mais sobre os tipos de barras e suas variadas características e indicações.

Barra Galoneira: Específica para tecidos em malha como camisetas, lycra, suplex e similares. A máquina para fazer esse tipo de barra deve ser a Galoneira, daí o nome. O ponto dela deixa o tecido livre para esticar normalmente. Assim, sem correr o risco de arrebentar a linha ou desfazer a barra, coisa que acontece quando é usado outro tipo de máquina.

Barra de Lenço: Leva esse nome por que originalmente era utilizada para dar acabamento em lenços de pano. Ideal para vestidos de festa ou peças de tecidos muito finos, é feita dobrando-se duas vezes o fim do tecido sobre ele mesmo, formando um “rolinho” fino. O que dá sustentação ao trabalho delicado é a própria linha de costura. É bem fina, estreita e exige um cuidado especial na hora de fazer, pois deve ficar exatamente na mesma largura ao longo de toda a sua extensão. Para fazer essa barra usa-se a máquina Reta. Existe um aparelho,que é acoplado à máquina, responsável por determinar a largura da barra que se deseja.

Barra à mão:A barra à mão ou invisível, como também é chamada. O trabalho, fino e delicado, é realizado com uma agulha muito fina por dentro da peça de roupa. A costura é passada em um só ponto do tecido, em apenas um fio onde a linha se fixa. Boa opção para dar acabamento em roupas sociais ou em peças de tecidos como lã fria ou poliéster fino. Não é tão resistente quanto a barra feita à máquina.

Barra Italiana ou virada para fora: É uma barra larga, dobrada e fixada para cima, por fora da peça, que dá um efeito diferente.Antes de se popularizar, a Barra Italiana ficava reservada para calças sociais de tecidos como linho e oxford, em geral peças mais clássicas. Com o passar dos anos, além de usá-la em calças, também se transferiu para shorts de vários tipos de tamanhos e tecidos, inclusive o jeans.

Esta barra exige destreza. Para sair perfeita, o profissional precisa de técnica e habilidade para tirar a medida certa e não encurtar demais a peça. As máquinas usadas são a Reta e a Overlock para fazer os acabamentos.

Barra com Viés: Normalmente usada para conseguir aumentar o comprimento da peça, o viés é aplicado por dentro e não aparece. A exceção fica somente quando a peça é usada com a barra dobrada para fora. A máquina utilizada é a Reta.

Barra Simples: A barra simples, como o nome já diz, apenas leva a virada do tecido na largura desejada. Após faz-se uma costura simples.A máquina usada é a Reta e pode ser usada em peças e tecidos variados.


Barra Original: Também chamada de Sobreposta ou Encaixada, recebe esse nome por que consiste no corte e reaplicação do acabamento original da peça, respeitando as diferentes lavagens, texturas e desgastes do tecido, vindo de fábrica. Muito utilizada em calças jeans, que frequentemente têm detalhes na barra, como zíperes ou cores diferentes. A peça é cortada no tamanho certo e depois é aplicada a mesma barra, sem deixar nenhuma sobra por dentro. Utiliza-se a máquina Reta.

Cada barra pode ser feita em diversas roupas, mas é preciso analisar qual a melhor opção em cada caso. Para peças de couro ou de imitação de couro, por exemplo, muitas vezes a melhor saída é a colagem do tecido, para dar um melhor acabamento e evitar rasgos.

dicas: Restaura Jeans Fonte:Toda sua Roupa, Guia de Mulher,

Elis S A C

Deixe uma resposta